O sabor do café especial é definido por vários fatores que começam desde o plantio, mas se tem algo importante para ressaltar o que há de melhor no grão, certamente é a torra! Ela define características essenciais e que fazem toda a diferença na sua bebida.
Vem com a gente entender um pouquinho de cada uma e ficar por dentro do assunto!

2016-07-20-16-54-33-1024x768

Torra clara é quando o café é submetido à alta temperatura por menos tempo. Este tipo de torra resulta em um café suave, delicado, de acidez natural preservada.
Com grãos de torra clara temos uma bebida menos encorpada, clara, como seu título e de sabor e aroma frutados.
Para a torra clara, geralmente o café fica no processo por 7 minutos.

Quando falamos de torra média, estamos falando de um equilíbrio (perfeito!) de intensidade. O sabor fica mais acentuado e as notas aromáticas são reduzidas por causa da exposição mais longa ao calor.
Vai bem na maioria dos métodos de extração e por isso é considerada por muitos como a torra perfeita.
A o tempo para chegar à torra média dura entre 9 e 12 minutos.

A torra escura transforma o grão (em algo maravilhoso!) por causa do seu tempo de torra. O resultado é uma bebida saborosa, bem intensa, com baixa acidez. Geralmente tem notas de chocolate, avelã, e caramelo com um leve amargor -delicioso- e é muito usada no preparo do espresso.
Para chegar ao seu ponto final, o tempo de torra é de 12 a 13 minutos, podendo chegar até 15 em alguns casos.

2016-07-20-16-55-13-1024x640

Agora que você já conhece alguns detalhes, podemos apostar que na sua próxima bebida vai até arriscar identificar qual a torra escolhida para o grão.
Lembrando que você pode treinar bastante bebendo bons cafés com a gente, sempre!

About The Author

A redação Have a Coffee faz a produção e curadoria do conteúdo direto da origem. Buscamos e tratamos conteúdo fresquinho sobre café para os apaixonados por café como nós.

Related Posts